Sem príncipe nem dragões

Qual a menina que nunca brincou às princesas ou às rainhas? A ter um príncipe encantado que chegava no seu cavalo Branco para resgata-la da torre guardada por um dragão? Eu acuso-me! E quando entrei neste edifício, fui transportada para esses momentos. Não havia príncipe nem dragão, apenas paredes carregadas de história e um palco que para além das peças de teatro, guardava risos, choros e vida. Basta fecharmos os olhos e deixamos este mundo para entrar num outro, onde os carros dão lugar às carroças e o Rei e a Rainha passeiam nos trajes mais esbeltos.

Estou na Pousada D. Maria, em Queluz, e estou pronta para deixar-me levar pelas emoções que pairam em cada sala e tentar transmiti-la através da lente do Victor Rebelo.

Permitam-me convidá-los a passearem um pouco por este local majestoso, espero que gostem da viagem. 




























Styling by Linna Pereira

Com tecnologia do Blogger.